Faturamento Hospitalar

“Vias de Acesso”

A cobrança de procedimentos que envolvem a via de acesso muitas vezes é motivo de discórdia entre hospitais e os convênios médicos.

Hoje o Dr. Marvin irá compartilhar algumas regras de faturamento hospitalar que tenham a via de acesso em sua composição. Confira se a sua instituição esta tratando a via de acesso de maneira correta.


Principais regras para cobrança de via de acesso:

1. Quando houver a indicação de atuar em vários órgãos ou regiões ou em múltiplas estruturas articulares a partir da mesma via de acesso, a quantificação do porte da cirurgia será a que corresponder, por aquela via, ao procedimento de maior porte, acrescido de 50% do previsto para cada um dos demais atos médicos praticados, desde que não haja um código específico para o conjunto.

2. Quando ocorrer mais de uma intervenção por diferentes vias de acesso, deve ser adicionado ao porte da cirurgia considerada principal o equivalente a 70% do porte de cada um dos demais atos praticados.

3. Obedecem às normas acima as cirurgias bilaterais, realizadas por diferentes incisões (70%), ou pela mesma incisão (50%).


Espero que a dica tenha sido útil !!!

O bom entendimento das regras trará uma redução das glosas e um aumento da sua receita!

Se você tiver alguma duvida sobre faturamento hospitalar, clique no Dr. Marvin. As questões mais interessantes poderão ser abordadas nas próximas publicações deste informativo.

O Dr. Marvin deseja um ótimo trabalho e aguarde novas dicas sobre contas médicas e faturamento hospitalar.